Jornal afirma que Estados Unidos invadiram sistemas da Coreia do Norte em 2010

Ameaças contra estúdio da Sony já eram de conhecimento dos Estados Unidos.
De acordo com o jornal The New York Times, em uma reportagem publicada no último domingo (18), hackers que estavam a mando da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) invadiram os computadores e conseguiram grampear a conexão da Coreia do Norte em 2010.
O jornal informou que várias fontes anônimas relataram o fato, incluindo oficiais do governo dos Estados Unidos, de autoridades estrangeiras e especialistas em segurança, entre outros.
“Diante do temor pela crescente capacidade informática de Pyongyang, a NSA se infiltrou na rede chinesa que une a Coreia do Norte com o resto do mundo e, mediante conexões com a Malásia utilizadas por hacker norte-coreanos, conseguiu ingressar diretamente na rede, com ajuda da Coreia do Sul e de outros alidados dos EUA”, afirmou o NYT.
Além do jornal americano, relatos sobre a invasão nos sistemas da Coreia do Norte também foram noticiados pelo jornal alemão Der Spiegel, que consta um documento ultrassecreto. No texto é possível identificar uma conversa entre especialistas da NSA em que um deles menciona sobre casos em que dados foram coletados, e atribui nomes como “quarta parte” ou “quinta parte”. A “quarta parte” define a situação em que a NSA consegue dados de um alvo a partir de uma infraestrutura de espionagem de outro grupo.
No documento não é possível constatar se a Coreia do Sul colaborou com os Estados Unidos ou se a NSA hackeou a infraestrutura de espionagem do país asiático. Vale notar que um dos especialistas revelou que a NSA se beneficiou de um programa de espionagem da Coreia do Sul contra a Coreia do Norte.
Também não é possível decifrar se o governo dos Estados Unidos teria conhecimento de ataques da própria Coreia do Sul contra os EUA. O jornal The New York Times afirma que a NSA teve ajuda da “Coreia do Sul e de outros aliados norte-americanos” para espionar a Coreia do Norte.
Justamente pelo suposto conhecimento antecipado dos Estados Unidos sobre o cotidiano da Coreia do Norte, especialistas defendem que o governo americano sabia  sobre a invasão que os hackers da Coreia do Norte estavam planejando contra a Sony Pictures. 

Sou um pouco de tudo e muito de nada, estudo História na UNEAL, mas nas horas vagas faço um pouco de arte digital. Comecei esse site em 2013, na época como o “Blog do Matheus”, um nome bem criativo, não acha? Aqui nasceu um de meus sonhos, ser jornalista, não posso dizer que abandonei ele, mas nos últimos tempos ganhei novos gostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *