Avanços científicos nas Cruzadas

As
cruzadas influenciaram o mundo científico, em vários fatores: o avanço na
produção de armas para o uso na defesa, o avanço na medicina com o
desenvolvimento de melhores técnicas de tratamento dos feridos nas batalhas, e
também a exploração de recursos naturais e em consequência a descoberta de
curas para varias doenças.
Este
foi um evento de grande importância para os avanços da ciência na idade média,
já que muitos dos avanços gregos tinham se perdido, a idade média foi se
recuperando aos poucos, com as descobertas científicas.
Foi
com essa visão que sábios medievais se lançaram em busca de explicações para os
fenômenos do universo e conseguiram avanços importantes em áreas como a
metodologia científica e a física. Esses avanços foram repentinamente interrompidos
pela peste negra e são virtualmente desconhecidos pelo público contemporâneo,
que muitas vezes ainda está preso ao rótulo do período medieval como uma
suposta “Idade das Trevas”.

Com
avanços científicos, e em muitas vezes religiosos, já que as cruzadas foram
batalhas comandadas pela igreja, com o objetivo de recuperar a terra santa
ocupada pelos turcos muçulmanos. Em que foram registradas oito cruzadas, sendo
que duas não chegaram na Terra Santa, um exemplo foi a 4°, que desviou o
caminho para atacar os cristãos ortodoxos.

Sou um pouco de tudo e muito de nada, estudo História na UNEAL, mas nas horas vagas faço um pouco de arte digital. Comecei esse site em 2013, na época como o “Blog do Matheus”, um nome bem criativo, não acha? Aqui nasceu um de meus sonhos, ser jornalista, não posso dizer que abandonei ele, mas nos últimos tempos ganhei novos gostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *