O terror da poluição.

No ano passado, eu estava olhando o meu modulo e encontrei esta imagem e me impressionante, veja o que dizia:
“A foto ao lado, do See-viewing Wide Field-of-view Sensor (SeaWiFS) da NASA, prova, da pior maneira, que a atmosfera é um recurso natural partilhado em escala global e revela que a poluição originada em um pais pode provocar danos também em outros.”
Como vemos uma corrente de poluição atmosférica alargou-se na região oriental da China onde concentra-se a maior parte das industrias chinesas, e percebemos também que a poluição esta indo para o Japão. Ou seja a poluição atinge muito mais do que o poluidor nesse caso a China, que é o segundo pais mais poluidor do planeta.
E ai você sé pergunta qual e o pais mais poluidor do planeta, já que a China e o primeiro, nada mais é que os Estados Unidos, que lidera a lista entre os países mais poluidores, com 69% da poluição mundial, já a China esta com 11%, e o Brasil esta em quarto lugar com pouco mais de 5%.

Causas da Poluição:

Estamos sentindo na pele as causas desta mudança, como por exemplo o efeito estufa, as chuvas acidas, a perda da biodiversidade, a diminuição da camada de ozônio, os dejetos jogados nos rios, entre outras coisas que estão acabando com nosso planeta e em consequência com nos mesmos.

Como acabar:

Não tem como acabar com anos e anos de poluição, mas tem como diminuir-la, com as novas oportunidades que estão surgindo como os caros elétricos; energia solar, eólica; etc. Mas tem outro fator este e o que dificulta muito, o capitalismo,  por que e com ele que fica menos açecivel a famílias de baixa renda estas utilidades mais limpas para o meio ambiente. 

Sou um pouco de tudo e muito de nada, estudo História na UNEAL, mas nas horas vagas faço um pouco de arte digital. Comecei esse site em 2013, na época como o “Blog do Matheus”, um nome bem criativo, não acha? Aqui nasceu um de meus sonhos, ser jornalista, não posso dizer que abandonei ele, mas nos últimos tempos ganhei novos gostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *