8 Erros inaceitáveis em famosas obras de arte

Todos nós podemos cometer erros. Até mesmo os maiores gênios da arte mundial já cometeram erros inaceitáveis em suas obras-primas. 
Preparei uma lista com 8 obras, em que seus autores cometeram irregularidades, por engano ou de proposito.

David

© Jörg Bittner Unna / commons.wikimedia   © Jörg Bittner Unna / commons.wikimedia  
Esta famosa estátua intitulada de “David”, esculpida em um único bloco de mármore pelo famoso pintor e escultor Michelangelo, tem um pequeno defeito entre a coluna e o ombro direito, esta faltando um músculo. O escultor falhou nesse detalhe devido o problemas com o mármore, nesta área.

Ninth Wave

© commons.wikimedia 
A pintura retrata as ondas, cujos cristais são envolvidos de uma forma peculiar. Iván Aivazovski teve inspiração para confeccionar essa obra, no movimento do mar na costa. No entanto a forma de cone presentes nas ondas não são comuns em regiões de águas rasas.

Moisés

© Jörg Bittner Unna/commons.wikimedia
Michelangelo teve dificuldades ao traduzir a palavra “karnaim”, que em hebraico tem duplo significado. O termo pode ser traduzido como “raios” ou nesse caso “chifres”.

Un bar aux Folies Bergère

© commons.wikimedia 
Se olhar atentamente aos objetos no balcão e na moça, ao comparar com o reflexo, as posições não coincidem com a realidade. A posição das garrafas é diferente, e no caso da moça que na realidade olha fixamente para frente, no reflexo esta atendendo um cliente. Se essa não foi a ideia original de Manet, provavelmente ele cometeu diversos erros.

La ronda de noche

© commons.wikimedia  
Esta é uma obra repleta de mistérios, e pesquisadores a estudam a anos. Um ponto fortemente debatido é o caso das luvas do capitão Frans Banning Cocq: a mão direita, com luva, carrega uma outra luva direita. Para os pesquisadores, Rembrandt tinha a intenção de agregar um teor cômico a obra. Para outros, o capitão estava tapando um dos dedos da respectiva luva.

Discípulos de Emaús

© commons.wikimedia
Os mais curiosos podem perceber que a cesta de frutas, na borda da mesa esta mau posicionada, e de acordo com as leis da física já deveria ter caído. Alem disso as frutas não correspondem ao período do ano retratado na obra, nesse caso a Páscoa. Todos esses erros foram cometidos por Caravaggio de proposito, pois as frutas presentes e a sombra em forma de peixe são símbolos do cristianismo. 

O Nascimento de Vénus

© commons.wikimedia 
Embora Botticelli tenha vivido no período do renascimento, em que se caracteriza pela minuciosa perfeição e realismo nas obras de arte, suas obras estão muito longe de serem perfeitas. Podemos observar um inchaço no pé e um pescoço bem cumprido. De acordo com especialistas, o pintos cometeu os erros de proposito buscando a perfeição do corpo feminino.   

Sistine Madonna

© commons.wikimedia  
A primeira impressão que temos nessa obra de Rafael Sanzio, é que o Papa Sixto II, possui 6 dedos. Mas se olharmos bem, o que parece o sexto dedo é na verdade a palma da mão. Se olharmos para o pé da “Madonna”, percebemos que a mesma possui 6 dedos, o que pode indicar polidactilia, doença que causa excesso de dedos nos membros. 

Traduzido de GENIAL.GURU

Sou um pouco de tudo e muito de nada, estudo História na UNEAL, mas nas horas vagas faço um pouco de arte digital. Comecei esse site em 2013, na época como o “Blog do Matheus”, um nome bem criativo, não acha? Aqui nasceu um de meus sonhos, ser jornalista, não posso dizer que abandonei ele, mas nos últimos tempos ganhei novos gostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *